Potencializando a gestão na área da saúde

Direto dos mais importantes consultórios para os laboratórios: os sistemas de informação que mais conseguem aprimorar o fluxo do trabalho hospitalar e aumentar a eficiências dos profissionais na área da saúde.

gestao-saude

Não é novidade que, a cada nova rotina nos laboratórios e hospitais, novos tratamentos de saúde acabam surgindo constantemente para melhorar a qualidade de vida de todos os pacientes. No entanto, cada avanço dentro da área da saúde não limitam-se somente nas descobertas científicas. Na grande verdade, a tecnologia está completamente relacionada com a evolução na gestão da saúde, conseguindo reduzir cada vez mais os erros e proporcionar diagnósticos cada vez mais assertivos e rápidos.

Engana-se quem pensa que um bom atendimento está preso somente na exigência de conseguir profissionais qualificados e experientes. No mundo de hoje, será necessário ir cada vez mais além para conseguir promover a conectividade e acesso rápido a informações essenciais de atendimento. Um exemplo disso, como já falei em outros artigos, é o prontuário eletrônico. Com ele, é possível substituir a antiga rotina analógica e imprecisa para uma digital e em pleno entendimento das duas partes.

No vídeo abaixo, realizado pelo Canal Cultura, podemos sentir o quanto a tecnologia consegue impactar positivamente no ambiente hospitalar:

Com o avanço destas tecnologias hospitalares, o médico, para conseguir usufruir com praticidade de todos os seus conhecimentos, poderá olhar todo o histórico de atendimento do paciente em apenas um instante graças ao seu computador. Ainda nisso, será possível até colocar filtros para relacionar exames próximos e patologias que tenham alguma ligação.

Nesta altura do artigo, você percebeu que o ganho não está somente no hospital, mas para o próprio paciente? Uma vez que será possível filtrar e cruzar todo o banco de dados, contendo milhares de informações que certamente não caberiam em prontuários ou arquivos, para conseguir informações bem mais precisas? Ao acessar o histórico de doenças, por exemplo, será possível saber antecipadamente quais foram os medicamentos usados junto às possíveis alergias do paciente.

O prontuário eletrônico foi somente um exemplo (e muito efetivo, inclusive), mas a tecnologia hospitalar atual consegue potencializar ainda mais profundamente na gestão. Para você ter uma ideia, existe um sistema que consegue operar toda uma plataforma de automação em laboratório para a análise de algumas amostras selecionadas.

Quando o paciente chegar no laboratório, todos os seus dados pessoais junto a informações de pedidos médicos estarão cadastrados no banco de dados. Este processo vai emitir um código de barras que será colado no tubo, recebendo um material biológico para ser examinado. Logo após esta coleta, será transportado uma unidade de atendimento para um núcleo operacional, sendo ele o responsável pela continuidade do processo.

O software ativo será responsável por ler todo o código de barras para conseguir iniciar a gestão, levantando toda a identificação do paciente junto aos seus pedidos médicos. Será ainda possível direcionar a avaliação para qualquer máquina que esteja livre para uso naquele exato momento, impedindo falhas sistêmicas.

Como você pode ver, a tecnologia vem se desenvolvendo cada vez mais não só no melhoramento das práticas hospitalares, mas em toda a gestão na área da saúde. No futuro, acreditamos que todos os hospitais do Brasil já vão conseguir desfrutar da tecnologia hospitalar e utilizar a troca de dados entre as instituições, uma vez que o paciente pode ter trocado de hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *